Willys Interlagos. A lenda.

 

O primeiro automóvel   

esportivo do Brasil.

 

Willys Interlagos foi o primeiro automóvel esportivo brasileiro, versão nacional e autorizada do Renault Alpine A108,  em seu tempo foram fabricadas 822 unidades entre os anos de 1962 e 1966 nas versões cupê, conversível e Berlineta. Esta última a mais famosa, onde iniciou a história do automobilismo profissional no Brasil.

 

Apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, em 1961, o modelo foi pioneiro no Brasil na utilização de plástico reforçado com fibra de vidro. Com ele, a Willys associou modernidade à marca acreditando no prestígio das corridas, possuía suspensão independente, e motor traseiro de quatro cilindros em linha e rendia 70 cv com refrigeração liquida e carburador de corpo duplo.

 

O carro foi batizado para homenagear o famosos autódromo de São Paulo, ideia do publicitário Mauro Salles, que junto com o piloto Cristian Heins e do francês Jean Redele, fundador da Alpine, tornaram viável a produção em nosso pais.

w9.jpg

O piloto Christian Heins dirigia a área de competições até sua morte, na 24 Horas de Le Mans em junho de 1963, pilotando justamente um Alpine. Com a morte de Heins, assumiu a direção da divisão Luiz Antonio Greco, que se tornaria um dos grandes nomes do automobilismo brasileiro.

 

 

Willys Interlagos venceu provas como a 500 Milhas de Porto Alegre, em 1963, o GP do Estado da Guanabara, a 500 KM de Interlagos, a 200 Milhas de Montevidéu (Uruguai), todos no ano de 1964.

 

Grandes nomes pilotaram na Willys nesse tempo, como Bird Clemente, Émerson e Wilson Fittipaldi Jr., Luiz Pereira Bueno, José Carlos Pace, entre outros. As curvas feitas em derrapagem controlada, com o carro todo de lado, eram verdadeiramente eletrizantes alem de dar trabalho para modelos de outras marcas que eram mais potentes e maiores.

 

Graças ao baixo peso e suas linhas harmoniosas conquistaram pilotos e o público. A nova Berlineta  tem o espirito e a alma do carro que virou a lenda no automobilismo nacional.

 

 

old1.jpg

 

 

Conheça o projeto inspirado nessa lenda. A nova Berlineta.